• Acervo do Cedoc LGBTI+ compõe exposição virtual “Adé Dudu – Caminhos LGBT+ na luta negra”

  • Voltar
 por 

Duas publicações – “Diga aí, bicha!” e “Negros homossexuais” – do Adé Dudu: grupo de negros homossexuais que integram o acervo do Centro de Documentação Prof. Dr. Luiz Mott – Cedoc LGBTI+ estão na exposição virtual “Adé Dudu – Caminhos LGBT+ na luta negra” na plataforma Google Arts & Culture.

“O ‘Adé Dudu – grupo de negros homossexuais’ foi fundado na cidade de Salvador-BA em 14 de março de 1981. Ao longo da primeira metade da década de 1980, o grupo manteve uma intensa atividade de denuncia ao racismo enquanto estruturante da sociedade brasileira e do “duplo preconceito” vivido por negros LGBT+.”

A exposição pode ser vista clicando aqui

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.