• 1º de dezembro: em 1991 o GGB realizou 1º Concurso Internacional de Arte Postal sobre Aids para marcar o Dia Mundial de Combate à Aids

  • Voltar
 por 

Por Lucas A. Oliveira

Em 1991, aconteceu em Salvador, a exposição Artists Against Aids – For Housing. Esta mostra tinha como diferencial seu ineditismo em ser a primeira exposição internacional de arte postal sobre Aids. Em torno dos valores e intuitos do evento, em um documento de convite da exposição as/os organizadores a descrevem tendo como principal finalidade a sua possibilidade de engajamento político. Em suas palavras comentam que “a única vacina contra a Aids é a informação e a prevenção”. Complementam e ressaltam a importância da articulação com a arte, compreendendo as práticas artísticas como um campo de transmissão de informações corretas e críticas sobre a epidemia.
Os grupos responsáveis pela exposição foram o Centro Baiano Anti-Aids e a Associação Postal Gay do Brasil, ambas organizações de utilidade pública do município de Salvador e ramificações do GGB. O evento, que reuniu 60 artistas e coletivos e reuniu mais de 80 obras, aconteceu entre os dias 27 de Novembro a 20 de Dezembro de 1991 e a escolha da data estava conectada ao 1 de dezembro, o Dia Mundial da Luta Contra a Aids. Sendo que esta data comemorativa internacionalmente, foi selecionada para organizar ações e atividades relativas ao combate do vírus e do seu preconceito.

Sobre o Cedoc LGBTI+
Inaugurado pelo Grupo Dignidade em 14 de dezembro de 2007, o Centro de Documentação Prof. Dr. Luiz Mott – Cedoc LGBTI+ é um importante acervo sobre a temática LGBTI+: livros, revistas, jornais, cartazes, produções acadêmicas, CD’s, DVD’s, fotos e documentos históricos do movimento LGBTI+.
Entre as diversas atividades desenvolvidas pelo Cedoc LGBTI+ destacam-se o projeto que restaurou, digitalizou e disponibilizou online todas as edições do jornal Lampião da Esquina no ano de 2010. Em janeiro de 2021 a equipe do Cedoc LGBTI+ em parceria com o Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual (IBDSEX) iniciou o projeto “Acervo Histórico LGBTI+ Brasileiro” com a gestão (separação, organização, higienização, acondicionamento e digitalização) do acervo doado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), organização LGBTI+ mais antiga (fundado em 1980) em funcionamento ininterrupto da América Latina.

Se você tem materiais sobre a temática LGBTI+ (livros, jornais, revistas, CDs, DVDs, fotos, folders, cartazes, produção acadêmica etc.) doe ao Cedoc LGBTI+:

Centro de Documentação Prof. Dr. Luiz Mott – CEDOC LGBTI+ | Av. Mal. Floriano Peixoto, 366, cj. 43 – Centro – Curitiba – PR | dignidade@grupodignidade.org.br | (41) 3222 3999 | 99725 3999 | www.cedoc.grupodignidade.org.br

GrupoDignidade #IBDSEX #CedocLGBTI+ #CedocGrupoDignidade #CedocIBDSEX #HistoriaeMemoriaLGBTI+ #LGBTI+ #Gay #Pride #Diversidade #1dezembro #DiaMundialDeComabateaAids

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.